Como a iluminação interfere na decoração

Projeto de luminárias e lustres bem elaborados trazem requinte e aconchego aos ambientes

A iluminação geralmente é uma das últimas partes de um projeto arquitetônico que será pensada e avaliada, mas se não for bem planejada, pode arruinar toda a decoração, além de criar ambientes extremamente desconfortáveis. A iluminação pode mudar um ambiente por completo, criar cenários e valorizar o aconchego e a praticidade. Além do papel fundamental que ela exerce, entra também como um item decorativo, destacando o desenho das peças, dos elementos e fazendo das luminárias um dos componentes estéticos mais importantes.

iluminação
Luminária do tipo seta traz requinte ao ambiente

Por isso que ambas precisam estar sempre de mãos dadas, prontas para criar o ambiente perfeito e equilibrado. É, portanto, essencial avaliar os tipos de iluminação para cada lugar da casa. “Quem investe tempo para isso, está investindo também na possibilidade de criar uma interação entre o espaço e seus ocupantes, além de ressaltar os pontos fortes da decoração”, afirma Maurício D’Ávila, design da Geo Luz&Cerâmica.

Os abajures e as luminárias são os grandes coringas da décor, complementando o ambiente e com o poder de trazer sensações aos usuários, como aconchego, sofisticação e tranquilidade. Na sala de estar, por exemplo, para recepcionar visitas ou assistir TV com a família e os amigos, a ideia de ser “acolhedor” é muito importante, e por isso a iluminação mais indicada é a amarela.

arandelas-iluminação
Arandelas para ambientes aconchegantes

Pendentes e arandelas dão um toque de contemporaneidade e modernidade aos locais em que estão presentes, enquanto os abajures de piso dão um toque natural que não deixa fugir o requinte. O mercado ainda disponibiliza diversos modelos, formas e cores de luminárias que se integram muito bem aos ambientes, tais como os da Geo Luz&Cerâmica, que são 100% feitos à mão, com o material durável e sustentável que é a cerâmica.

Luminárias com luzes indiretas, para leitura ou descanso em ambientes externos – faça chuva ou faça sol – também são muito bem-vindos, desde que sejam duráveis e resistentes ao clima.

Para conhecer o trabalho do designer brasileiro Maurício D’Ávila acesse o site: www.geoceramica.com.br

Fonte: Estilo Press

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *